Livros feitos de amor – este é o da C.

Quando nos colocam nas mãos a responsabilidade de fazer um dia parar no tempo

Cada um dos livros que crio é especial, cada uma das famílias que ajudo a contar a sua história é única.

Cada um deles tem também uma ou várias histórias por detrás. Às vezes, histórias que me fazem rir; outras vezes, histórias tão fortes que os meus olhos se enchem de lágrimas e o coração aperta um bocadinho, tamanha é a importância daquele livro.

Quando o pai da C. me contactou, o prazo era já bastante apertado. Estávamos no limite do tempo necessário para criar um livro de capa dura e era preciso fazer uns quantos malabarismos para encaixar mais aquela encomenda.

Mas quando alguém nos pede, por favor, para aceitar a encomenda, pois era mesmo aquele o livro que queriam para o baptizado da C., há como recusar?

Depois recebo estas imagens e sinto-me imensamente grata por ter o privilégio de ajudar a eternizar dias assim.

Assumi o compromisso de fazer um pequeno milagre (ahah!), mas precisávamos de decidir tudo naquele mesmo dia! E decidimos! Foi um compromisso conjunto, meu e dos pais que faziam questão de criar o design do interior, inspirado nos restantes detalhes gráficos que tinham desenvolvido para aquele dia.

Meteram mãos à obra, com o cuidado de quem ama e quer deixar um marca no livro que a Caetana um dia vai ler e ter a certeza de que não é feito de papel – é feito do pó das estrelas, de amor no seu estado mais puro. O meu e o deles – mais o deles do que o meu.

A intemporalidade de um livro feito à mão

Depois de termos decidido tudo, era só fazer a magia acontecer.

E assim nasceu o livro da C. – um livro que, já ouvi dizer, está cheio de memórias bonitas.

Um livro elegante e intemporal. Na capa, a gravação a quente em folha de “ouro”, com composição manual de tipos; no interior, as palavras que contam a história daquele dia, guardadas pela fita de cetim, num perfeito tom de azul.

Um livro para a Caetana ler quando crescer. Um livro para guardar como um tesouro.

A magia de ver cada um dos livros no lugar onde pertencem

As fotografias bonitas são das minhas queridas Ângela e Flávia, da My Frame – Photography and Design, que, com a sensibilidade do costume, registaram o dia do baptizado da Caetana.

Não imaginam a alegria que sinto sempre que vejo os produtos que faço nos dias especiais para os quais foram criados.

Até à próxima página desta história!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *